Seja bem vindo! Salvador, 30 de Abril de 2017
   

Vídeo mostra Aécio Neves sendo hostilizado em praia do Rio de Janeiro

Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.
Confúcio






24/09/2016
Carla Dourado
A política de Irecê tá pegando fogo.
24/09/2016
Fernanda Maria/ Lauro d eFreitas
Não sei onde vai para nosso país com tanta corrupção.
24/09/2016
Carlos Antônio/Feira de Santana
E essa operação Lava Jato não tem fim?
24/09/2016
Carla Matos/ Salvador
Não confio em nenhum político
11/07/2016
Jéssica Pereira - Salvador - Ba
O povo já acordou!!Não trabalhou, não se elege!!
'Nunca tinha tomado um choque tão grande', diz autor de 'Velho Chico' sobre Montagner

Após tragédia com o ator Domingos Montagner, o autor de "Velho Chico", Benedito Ruy Barbosa, disse, para a colunista Patrícia Kogut, que pretende homenageá-lo no final da trama. "Para ser franco, ainda não sei o que vamos fazer. Não há como remediar. Vou me reunir com meu neto (Bruno Luperi, coautor da história) e com o diretor Luiz Fernando Carvalho para discutirmos. Quero homenageá-lo. Ainda não imaginei nada, mas o coração é que vai falar na hora de escrever. Temos que pensar na novela, mas a hora agora é de pensar nessa grande pessoa que foi o Domingos". Na entrevista, ainda relatou ter ficado desesperado com a tragédia: "Acho que nunca tinha tomado um choque tão grande na minha vida. Demorei demais para dormir". 

Como matemático inventou há mais de 150 anos a fórmula das buscas no Google

Cada vez que você faz uma busca simples no Google ou em qualquer outro buscador informático, entre os mecanismos de programação que permitem encontrar o que procura há princípios de lógica que foram concebidos há mais de 150 anos. 

 
 
28/04 - 11:25

Salvador amanheceu sem ônibus na manhã desta sexta-feira (28). Os rodoviários paralisaram desde o início da madrugada e devem continuar sem rodar durante as próximas 24 horas. Os ônibus não estão saindo das garagens. Nas ruas, a maioria dos pontos de ônibus por onde o CORREIO passou está vazio.Segundo o Sindicato dos Rodoviários, nenhum ônibus deverá circular nas ruas de Salvador. De acordo com o presidente do sindicato, Hélio dos Santos, nem os 30% da frota prevista por lei para rodar em períodos de greve sairá das garagens.

 
25/04 - 17:14


 Paula Fernandes apareceu de visual novo para divulgar seu novo clipe, "Dos palabras", em parceria com o cantor espanhol Pablo Lopez. Além da parceria com o gringo bonitão, o que chamou a atenção foi o novo visual da cantora, que abandonou os cacheados e alisou os cabelos. Os fãs e seguidores da artista não deixaram o detalhe passar em branco e teve internauta até pedindo o retorno dos cachos. Outros seguidores compararam Paula à atriz Marina Ruy Barbosa e também a Sandy. "Tá parecendo a Marina Rui Barbosa nessa foto", comentou um. "Tá lembrando a Sandy", palpitou outro. "Aaaaaaa não. Volta pro cacheado", pediu mais um.

 
25/04 - 17:10

 O juiz federal Sérgio Moro decidiu que vai rever a ordem de exigir a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em todas as audiências das 87 testemunhas arroladas por sua defesa caso os advogados do petista também revejam o extenso rol de convocados. O magistrado deu prazo de 5 dias para os advogados de Lula se manifestarem. Nesta ação, Lula é réu por suposta propina de R$ 75 milhões paga pela Odebrecht em oito contratos da Petrobrás. O ex-presidente é acusado de praticar os crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro. Em defesa prévia, em 26 de janeiro, a defesa de Lula havia convocado 52 testemunhas. Em 23 de fevereiro, em nova manifestação, arrolou mais 35. Ao decidir pela possível revisão, o magistrado quis saber se a defesa de Lula poderia aproveitar neste processo testemunhas que prestaram depoimento na ação penal sobre suposto recebimento de R$ 3,7 milhões em benefício do petista – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. As acusações contra o petista são relativas ao recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira OAS por meio do triplex no Guarujá, no Solaris, e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, de 2011 a 2016. 

 
25/04 - 17:09

As delações premiadas da Odebrecht já motivaram 7 países da América Latina a enviarem à Procuradoria-Geral da República (PGR) um total de 19 pedidos de cooperação internacional. O Ministério Público destes países quer o compartilhamento de informações e provas apresentadas pelos executivos e ex-executivos do grupo para ajudar nas investigações paralelas que conduzem sobre o caso Odebrecht. A Secretaria de Cooperação Internacional da PGR recebeu nove pedidos do Peru, três da Argentina, dois do México, dois da República Dominicana e um da Colômbia, um do Equador e um da Venezuela. Cada pedido se refere a um caso específico ou, ainda, a um complemento em relação a uma solicitação anterior. As solicitações começaram a chegar em janeiro, mês em que o Supremo Tribunal Federal (STF) homologou as delações dos 78 executivos. O primeiro país a receber da PGR as provas que havia solicitado ao Brasil foi a República Dominicana. A remessa foi feita na quinta-feira passada, 20, após a homologação, dias antes, do acordo de colaboração do Grupo Odebrecht com aquele país. Leia mais no Estadão.
 
25/04 - 17:09

 A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (25) revogar a prisão domiciliar do empresário José Carlos Bumlai, condenado a mais de nove anos de prisão pelo juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato. Com a decisão, Bumlai ficará em liberdade e deverá cumprir medidas cautelares, que deverão ser concedidas e fiscalizadas pela primeira instância. A decisão tomada pelo colegiado derruba liminar deferida pelo antigo relator da Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki, que morreu em janeiro. Em decisão individual, proferida em novembro do ano passado, Zavascki autorizou a prisão domiciliar para que Bumlai possa passar por um tratamento médico contra um câncer na bexiga. Ao recorrer ao Supremo, a defesa do empresário defendeu a substituição da prisão domiciliar por medidas cautelares de forma definitiva, tese que foi aceita pelos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Celso de Mello. O relator, Edson Fachin, e Ricardo Lewandowski foram vencidos ao votarem a favor da manutenção da prisão domiciliar e pela decisão de Teori. Bumlai é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de usar contratos firmados com a Petrobras para quitar um empréstimo com o Banco Schahin. Para os investigadores da Lava Jato, um empréstimo de R$ 12 milhões se destinava ao PT e foi pago mediante a contratação da empreiteira Schahin como operadora do navio-sonda Vitória 10.000, da Petrobras, em 2009. Pela acusação, investigada na Operação Passe Livre, 21ª fase da Lava Jato, o empresário foi condenado a mais de nove anos de prisão.

 
25/04 - 17:09

 A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (25) revogar a prisão domiciliar do empresário José Carlos Bumlai, condenado a mais de nove anos de prisão pelo juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato. Com a decisão, Bumlai ficará em liberdade e deverá cumprir medidas cautelares, que deverão ser concedidas e fiscalizadas pela primeira instância. A decisão tomada pelo colegiado derruba liminar deferida pelo antigo relator da Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki, que morreu em janeiro. Em decisão individual, proferida em novembro do ano passado, Zavascki autorizou a prisão domiciliar para que Bumlai possa passar por um tratamento médico contra um câncer na bexiga. Ao recorrer ao Supremo, a defesa do empresário defendeu a substituição da prisão domiciliar por medidas cautelares de forma definitiva, tese que foi aceita pelos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Celso de Mello. O relator, Edson Fachin, e Ricardo Lewandowski foram vencidos ao votarem a favor da manutenção da prisão domiciliar e pela decisão de Teori. Bumlai é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de usar contratos firmados com a Petrobras para quitar um empréstimo com o Banco Schahin. Para os investigadores da Lava Jato, um empréstimo de R$ 12 milhões se destinava ao PT e foi pago mediante a contratação da empreiteira Schahin como operadora do navio-sonda Vitória 10.000, da Petrobras, em 2009. Pela acusação, investigada na Operação Passe Livre, 21ª fase da Lava Jato, o empresário foi condenado a mais de nove anos de prisão.

 
25/04 - 17:04

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), foi diagnosticado com um câncer muito agressivo e precisará passar por uma cirurgia para a retirada da bexiga e da próstata. O resultado saiu na tarde desta segunda-feira, 24, após um exame de PET Scan oncológico. A informação foi confirmada pelo próprio deputado, em entrevista à radio CBN, na manhã nesta terça-feira, 25. Segundo Picciani, antes de se submeter à cirurgia radical, que tem risco de morte, ele precisará passar por quatro meses de sessões de quimioterapia. Ele afirmou, porém, que não irá se licenciará do cargo, já que as sessões de quimioterapia serão sempre às quintas-feiras, começando por esta do dia 27. “Fazendo a sessão na quinta, tenho sexta, sábado e domingo para me recuperar. Não me licenciarei, voltarei a presidir as sessões das pautas principais, pelo menos às terças-feiras. Continuarei no exercício do mandato até porque é um momento muito difícil para o estado”. “Pretendo dar minha colaboração”, completou. Picciani passou por uma cirurgia para retirar dois tumores de bexiga, um deles muito grande, há duas semanas, após constatar um sangramento. Porém, exames de patologia consideraram o câncer muito agressivo, que demandaram a cirurgia radical.
 
25/04 - 17:04

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), foi diagnosticado com um câncer muito agressivo e precisará passar por uma cirurgia para a retirada da bexiga e da próstata. O resultado saiu na tarde desta segunda-feira, 24, após um exame de PET Scan oncológico. A informação foi confirmada pelo próprio deputado, em entrevista à radio CBN, na manhã nesta terça-feira, 25. Segundo Picciani, antes de se submeter à cirurgia radical, que tem risco de morte, ele precisará passar por quatro meses de sessões de quimioterapia. Ele afirmou, porém, que não irá se licenciará do cargo, já que as sessões de quimioterapia serão sempre às quintas-feiras, começando por esta do dia 27. “Fazendo a sessão na quinta, tenho sexta, sábado e domingo para me recuperar. Não me licenciarei, voltarei a presidir as sessões das pautas principais, pelo menos às terças-feiras. Continuarei no exercício do mandato até porque é um momento muito difícil para o estado”. “Pretendo dar minha colaboração”, completou. Picciani passou por uma cirurgia para retirar dois tumores de bexiga, um deles muito grande, há duas semanas, após constatar um sangramento. Porém, exames de patologia consideraram o câncer muito agressivo, que demandaram a cirurgia radical.
 
03/04 - 10:26

 Relator da reforma política na Câmara, o deputado Vicente Cândido (PT-SP) adiantou ao G1 que vai propor em seu parecer final o fim dos vices em todas as instâncias de governo. Com isso, deixariam de existir vice-presidente, vice-governadores e vice-prefeitos. O relatório, que deverá ser apresentado na terça-feira (4) à comissão especial que discute o tema, também prevê a criação de um fundo para financiar campanhas eleitorais abastecido em 70% com recursos públicos. Os 30% restantes viriam de doações de pessoas físicas - atualmente, a legislação proíbe a doação de empresas a campanha eleitorais.

 
 
30/03 - 13:39

Um hospital de Porto Alegre realizou um procedimento para dar um polegar a uma criança de 1 ano e 9 meses. A cirurgia é pouco usual no Rio Grande do Sul, foi realizada 15 vezes nos últimos 20 anos. O dedo da menina foi transformado em um polegar para amenizar os efeitos da deformidade, que poderia comprometer em 70% a função da mão. A mãe Suelen Tim conta que a deformidade não foi detectada durante a gestação de Martina e da irmã gêmea. As duas nasceram de forma prematura. “Durante a gestação a gente fez alguns exames e não apareceu, por ser uma gestação gemelar, e no nascimento é que se constatou que ela tinha a ausência do polegar”, explicou. O pai da menina, Henrique Aguilar diz que a imagem da filha sem o polegar era forte, e que ao mesmo tempo pensou nas dificuldades que poderiam ser enfrentadas por ela. “A gente ficou pensando em todas as dificuldades que ela teria ao longo da vida se não solucionasse isso”.
 
30/03 - 13:29


O deputado federal cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi condenado nesta quinta-feira (30) a 15 anos e quatro meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A decisão é do juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. Cunha está preso desde 19 de outubro do ano passado no âmbito da Lava Jato e, atualmente, está no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O ex-deputado recebeu uma condenação por corrupção passiva por conta de solicitação e recebimento de vantagem indevida no contrato de exploração de petróleo em Benin; três condenações por lavagem de dinheiro; 14 por evasão de divisas. Esta é a primeira condenação do peemedebista na Lava Jato. A defesa de Cunha informou que vai recorrer da sentença ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre. Na decisão, Moro considerou que Cunha tem "bons antecedentes" já que esta é a primeira condenação dele. O peemedebista "responde a outras ações penais [uma na 10ª Vara Criminal Federal de Brasília e outra no Supremo Tribunal Federal], mas não foi ainda por elas julgado. Então será considerado como tendo bons antecedentes."
 
29/03 - 14:51


O presidente Michel Temer disse hoje (29) que questões como a dos trabalhadores rurais e de pessoas com deficiência podem ainda ser negociadas para a aprovação da reforma da Previdência. Em discurso na abertura da 10ª conferência do Bank of America Merrill Lynch, em São Paulo, ele afirmou que se a reforma não for feita agora, terá de ser feita daqui a três anos. Caso contrário, acrescentou, “em sete anos paralisamos o Brasil”.“Precisamos aproveitar este momento de apoio do Congresso Nacional para fazer essa reforma. A reforma não prejudicará ninguém. A questão dos trabalhadores rurais, a questão dos deficientes, eu compreendo, e nós podemos ainda negociar, de modo a aprovar a reforma”, disse Temer.Segundo ele, todos os estudos estatísticos mostram que se não houver reformulação previdenciária, em 2024 o país só terá verbas para pagar servidores públicos. “Estamos fazendo regras de transição que permitam que, muito brevemente, as finanças públicas possam estar mais equilibradas e que não possam gerar o que ocorreu na Grécia, em Portugal, na Espanha e na França, que tiveram de reduzir valores de aposentadorias e de salários de servidores”.O presidente disse ainda que, nesse contexto, a “interlocução plena” que seu governo tem com o Congresso Nacional será fundamental para a aprovação da matéria.

 
29/03 - 14:40

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e a Secretaria da Saúde de Salvador intensificaram as ações de controle do vírus da febre amarela na capital baiana. Cerca de 400 mil doses extras da vacina foram liberadas nesta quarta-feira (29), a fim de imunizar os indivíduos que não possuem duas doses registradas no cartão de vacinação. Devido à confirmação de casos de febre amarela em quatro macacos, nos bairros da Vila Laura, Paripe e Itaigara, em Salvador, detectado precocemente pela vigilância epidemiológica estadual e municipal, o processo de vacinação foi intensificado. No total, serão disponibilizadas 2 milhões de doses para atingir a cobertura vacinal de 100% da população que ainda não está imunizada. Considerando que quem tomou uma dose da vacina nos últimos dez anos encontra-se imunizado contra a doença. Na avaliação do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a cooperação entre Estado e municípios é fundamental para garantir que a febre amarela não contamine humanos na Bahia. “Não temos nenhum caso confirmado em seres humanos em nosso estado e um dos motivos é que estamos atuando de modo preventivo. O Governador Rui Costa determinou desde janeiro um bloqueio vacinal nas regiões Oeste, Extremo Sul e Sudoeste do estado, em virtude da situação epidemiológica da febre amarela no país, com a ocorrência de óbitos em São Paulo, Goiás e Minas Gerais, incluindo regiões que fazem divisa com a Bahia”, destaca Vilas-Boas, que apontou ainda que, desde janeiro, a vigilância epidemiológica do estado vem executando o plano de ação elaborado para a prevenção da Febre Amarela nos municípios com epizootias (morte de macacos), a fim de adotar precocemente medidas para evitar a ocorrência da doença em humanos, como aquelas adotadas atualmente na capital baiana. A Sesab, em sintonia com a Secretaria da Saúde do Município de Salvador, foi além da vacinação. A busca ativa de casos suspeitos em toda a área delimitada e a aplicação de inseticida utilizando o UBV (Ultra Baixo Volume) costal na área da epizootia e o UBV veicular na sede são exemplos das intervenções das equipes de vigilância epidemiológica.

 
29/03 - 12:44


O presidente da Associação dos Tribunais de Contas, Valdecir Pascoal, manifestou nesta quarta-feira, 29, em nota, ‘total apoio’ a operações que contribuam ‘para a apuração e a eventual punição de comportamentos que destoem dos princípios éticos e legais a que estão vinculados todos os agentes públicos’.

 
28/03 - 10:25


Das 27 superintendências estaduais do Ministério da Agricultura, 17 são ocupados por indicações políticas, disse nesta segunda-feira, 27, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi. “Mas nenhum dos que são de carreira assumiram seus postos sem se articular politicamente”, afirmou. “Se esse é um defeito do Ministério da Agricultura, é também da política brasileira.” Ele acrescentou que a busca de apoios políticos é necessária para todos os cargos, até “nos tribunais superiores.”Por isso, a orientação dada nesta segunda-feira, 27, é que não ajam politicamente nas questões técnicas. “O que eu disse a eles é que as pessoas podem ter chegado com apoiamento, mas a responsabilidade é com o Ministério da Agricultura”, contou. “E que não sigam o caminho de atender pleitos políticos nas questões técnicas.” O ministro reiterou que a pasta fará intervenção nas superintendências do Paraná e em Goiás, onde se concentram os problemas detectados pela operação Carne Fraca. Maggi explicou que vai enviar pessoas de fora dos respectivos Estados para lá, para que tenha uma visão isenta das disputas entre grupos políticos dentro da superintendência.

 
28/03 - 10:25


Das 27 superintendências estaduais do Ministério da Agricultura, 17 são ocupados por indicações políticas, disse nesta segunda-feira, 27, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi. “Mas nenhum dos que são de carreira assumiram seus postos sem se articular politicamente”, afirmou. “Se esse é um defeito do Ministério da Agricultura, é também da política brasileira.” Ele acrescentou que a busca de apoios políticos é necessária para todos os cargos, até “nos tribunais superiores.”Por isso, a orientação dada nesta segunda-feira, 27, é que não ajam politicamente nas questões técnicas. “O que eu disse a eles é que as pessoas podem ter chegado com apoiamento, mas a responsabilidade é com o Ministério da Agricultura”, contou. “E que não sigam o caminho de atender pleitos políticos nas questões técnicas.” O ministro reiterou que a pasta fará intervenção nas superintendências do Paraná e em Goiás, onde se concentram os problemas detectados pela operação Carne Fraca. Maggi explicou que vai enviar pessoas de fora dos respectivos Estados para lá, para que tenha uma visão isenta das disputas entre grupos políticos dentro da superintendência.

 
28/03 - 10:18


O prefeito ACM Neto afirmou nesta terça-feira (28) que não tem preocupação com uma eventual citação na delação premiada do empresário Marcelo Odebrecht. Durante a inauguração da nova sede do SIMM, ele defendeu que suas relações com a empreiteira sempre aconteceram de forma transparente. "Eu já disse claramente que minhas relações com a construtora Odebrecht foram relações públicas, de conhecimento geral. A construtora participou com doações, através do Democratas, para a minha campanha de 2012. Está absolutamente tudo oficializado e eu não tenho nenhuma preocupação em relação a isso", disse. O jornalista Lauro Jardim publicou em sua coluna no último domingo (26) que o prefeito de Salvador foi informado sobre a citação ao seu nome na delação de Marcelo Odebrecht (veja mais). "Foi apenas uma nota de jornal sem que viesse acompanhada de qualquer conteúdo ou mesmo de qualquer indício sobre o que essa citação pode se referir", comentou. Em março de 2016, durante a Operação Acarajé, a Polícia Federal apreendeu documentos que listam possíveis repasses da Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos políticos, entre eles ACM Neto. Na época, ele também alegou que os recursos recebidos pela construtora tiveram origem em doações legais.

 
28/03 - 10:17

O Índice de Confiança da Construção, medido pela Fundação Getulio Vargas, subiu 0,7 ponto em março e atingiu 75,1 pontos em uma escala de zero a 200. É o maior nível do indicador desde junho de 2015, quando registrou 76,2 pontos. A alta foi influenciada pela melhoria da percepção dos empresários da construção civil em relação ao futuro. O Índice de Expectativas cresceu 1,7 ponto e chegou a 87,8 pontos, o maior nível desde setembro de 2014 (88,4 pontos). Os dois quesitos que compõem o Índice de Expectativas acusaram alta, com destaque para o indicador que mede o otimismo com a situação dos negócios nos seis meses seguintes, que subiu 2,2 pontos e chegou a 90,1. Já o Índice da Situação Atual, que avalia a opinião do empresário, recuou pelo segundo mês seguido, ao variar 0,2 ponto, atingindo 62,8 pontos. A maior contribuição para o resultado veio do indicador de percepção em relação à carteira de contratos, que caiu 0,6 ponto em relação ao mês anterior, indo para 61,5 pontos.

 
28/03 - 09:22


O Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) registrou um surto de caxumba iniciado na última semana. Um grupo de 15 estudantes do 5º semestre de Enfermagem, no campus da Avenida Paralela, já apresentaram sintomas da doença. Os alunos que apresentaram atestado médico, comprovando a doença, foram liberados pela universidade. No entanto, outros alunos criticaram a ausência de medidas para todo o público da unidade. "Todos na faculdade estão expostos. Já têm duas pessoas da noite que pegaram a caxumba. Uma delas tem um filho de dois anos em casa. Eles [a faculdade] não cancelaram as aulas e nem se manifestaram para nada. Não deram nenhuma resposta, aliás, não tocaram no assunto", reclamou uma das alunas de Enfermagem do turno da noite, em entrevista ao jornal A Tarde. Devido ao surto, os estágios de alguns estudantes foram cancelados, já que seriam realizados em um lar de idosos. A doença infectocontagiosa pode apresentar complicações para pessoas de terceira idade. Em nota, a Unijorge afirmou que foi informada sobre os casos na última sexta-feira (24) e cancelou as atividades externas programados para o dia. Além disso, orientou que os estudantes buscassem diagnóstico adequado. Na próxima quinta-feira (30), segundo a instituição, haverá vacinação da tríplice viral no campus Paralela para alunos das turmas que registraram casos da doença.

 
23/03 - 17:05

A JBS suspendeu a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades do país por três dias, desta quinta-feira (23) até sábado (25). A empresa disse que o objetivo é ajustar a produção até que haja uma decisão sobre as restrições, impostas por vários países, à importação de carne brasileira. Países da União Europeia, China e Coreia do Sul, entre outros, decidiram barrar temporariamente a compra de carne do Brasil, após a Operação Carne Fraca, que apontou irregularidades em frigoríficos pelo país. A fábrica da Seara, pertencente ao grupo JBS, em Lapa, no Paraná, é uma das investigadas na operação. A Polícia Federal apura irregularidades no procedimento de certificação sanitária. Além da Seara, a JBS é responsável pela produção dos produtos da Friboi e Swift. O grupo tem dito que não compactua com desvios de conduta de seus funcionários e tomará todas as medidas cabíveis.
 

 
23/03 - 16:49

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu na manhã desta quinta-feira, 23, o julgamento do governador do Amazonas, José Melo (PROS), que tenta reverter na corte eleitoral a cassação do seu mandato, determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral amazonense (TRE-AM) no ano passado. O governador é acusado de participar de um esquema de compra de votos que teria beneficiado sua reeleição na campanha de 2014. O TRE-AM também cassou o mandato do vice, Henrique Oliveira (Solidariedade), mas os dois continuam ocupando seus cargos por determinação do próprio tribunal. O julgamento de José Melo foi suspenso depois do pedido de vista (mais tempo para análise) da ministra Luciana Lóssio, que prometeu trazer o caso de volta ao plenário “o mais rápido possível”, em razão de sua importância. Em outubro de 2014, a Polícia Federal coordenou uma missão policial para apurar as suspeitas de que pastores de igrejas evangélicas estariam sendo cooptados no comitê eleitoral de campanha de José Melo com a finalidade de comprar votos dos fiéis. Durante a operação foram apreendidos no comitê documentos que mostram pagamentos de passagens aéreas, cestas básicas, conserto de carro de som e até construção de túmulo para terceiros. Uma das pessoas presentes no local carregava R$ 7,7 mil em dinheiro em espécie numa bolsa e não soube explicar a origem do dinheiro. O relator do caso, ministro Napoleão Nunes, votou contra a cassação do governador por não ter encontrado “provas conclusivas fortes e seguras”. “Se houve assédio ao eleitor, não tem prova. Quem já viu passar recibo do crime, de propina…”, disse o ministro.
 
23/03 - 16:48

Eleito por unanimidade nesta quinta-feira, 23, presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara, o deputado federal Sérgio Souza (PMDB-PR) tem seu nome citado em grampos da Operação Carne Fraca como tendo recebido “muito dinheiro” do fiscal apontado como líder do esquema criminoso no Ministério da Agricultura e preso pela PF, Daniel Gonçalves Filho. Na conversa, o representante de uma cooperativa agrícola chega a afirmar ainda que o parlamentar teria “rabo preso”. O nome de Souza surgiu em um diálogo de 11 de abril de 2016 entre o ex-superintendente regional do Paraná e que estava lotado no Serviço de Vigilância Agropecuária no Porto de Paranaguá (PR) até a deflagração da operação, Gil Bueno de Magalhães, e um interlocutor identificado como Francisco e que representa a Cooperativa Agroindustrial Castrolanda, em Castro (PR). Leia mais no Estadão.
 
23/03 - 16:46

O deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP) protocolou nessa quarta-feira (22), um requerimento solicitando a criação da CPI das Passagens Aéreas. “O objetivo é investigarmos os altos valores das passagens, a nova cobrança sobre as bagagens despachadas e os programas de milhagens”, destacou o deputado. A CPI teve o apoiamento de mais de 200 deputados.
 
23/03 - 12:50

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar na terceira prévia de março com variação de 0,39%, resultado 0,04 ponto percentual acima do registrado na segunda apuração do mês (0,35%). Entre a primeira e a segunda pesquisa do mês, a taxa tinha apresentado uma a diferença de apenas um ponto percentual ao passar de 0,34% para 0,35%.O levantamento é feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) em Recife, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre.Em quatro das oito grupos pesquisados, foram constatados aumentos no ritmo de remarcação de preços com destaque para alimentação com alta de 0,42% ante 0,25%.Os itens que mais pressionaram essa classe de despesa foram os laticínios, que ficaram 1,02% mais caros sobre um aumento de 0,57%. Em habitação, o índice subiu de 0,72% para 0,94%, ainda sob a influência, principalmente, da conta de luz (de 2,91% para 4,62%). No grupo despesas diversas, a taxa passou de 0,70% para 0,80%, com a pressão vinda dos cigarros (de 0,94% para 1,32%) e, em saúde e cuidados pessoais, houve alta de 0,61% sobre uma elevação anterior de 0,56%. Neste último grupo, o motivo foi a correção de preços dos artigos de higiene e cuidado pessoal (de 0,17% para 0,76%).
 
23/03 - 11:52

A Polícia Federal, em parceria com o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), deflagrou hoje (23) em Belém e em Brasília a segunda fase da Operação História de Pescador. O objetivo é aprofundar as conclusões da primeira fase, deflagrada no ano passado, quando foi desarticulada organização criminosa que atuava na Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura no Pará (SFPA). Segundo a CGU, as investigações à época constataram que pessoas sem vínculo funcional atuaram dentro do órgão, utilizando-se de senhas de trabalhadores terceirizados (fornecidas em troca de dinheiro) para incluir, alterar ou modificar os bancos de dados referentes ao cadastro de pescadores. “A fraude tinha participação de servidores da SFPA, inclusive da então superintendente”, informou. Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão e três de condução coercitiva. Além de policiais federais, quatro auditores da CGU colaboram com as atividades.
 
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | Proxima | Última »»
25/04/2017 | 17:09:52
PGR já recebeu 19 pedidos de 7 países por delações da Odebrecht
As delações premiadas da Odebrecht já motivaram 7 países da América Latina a enviarem à Procuradoria-Geral da República (PGR) um total de 19 pedidos de cooperação internacional. O Ministério Público destes países quer o compartilhamento de informações e provas apresentadas pelos executivos e ex-executivos do grupo para ajudar nas investigações paralelas que conduzem sobre o caso Odebrecht. A Secretaria de Cooperação Internacional da PGR recebeu nove pedidos do Peru, três da Argentina, dois do México, dois da República Dominicana e um da Colômbia, um do Equador e um da Venezuela. Cada pedido se refere a um caso específico ou, ainda, a um complemento em relação a uma solicitação anterior. As solicitações começaram a chegar em janeiro, mês em que o Supremo Tribunal Federal (STF) homologou as delações dos 78 executivos. O primeiro país a receber da PGR as provas que havia solicitado ao Brasil foi a República Dominicana. A remessa foi feita na quinta-feira passada, 20, após a homologação, dias antes, do acordo de colaboração do Grupo Odebrecht com aquele país. Leia mais no Estadão.
25/04/2017 | 17:04:56
Jorge Picciani precisará retirar bexiga e próstata, após descobrir câncer agressivo
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), foi diagnosticado com um câncer muito agressivo e precisará passar por uma cirurgia para a retirada da bexiga e da próstata. O resultado saiu na tarde desta segunda-feira, 24, após um exame de PET Scan oncológico. A informação foi confirmada pelo próprio deputado, em entrevista à radio CBN, na manhã nesta terça-feira, 25. Segundo Picciani, antes de se submeter à cirurgia radical, que tem risco de morte, ele precisará passar por quatro meses de sessões de quimioterapia. Ele afirmou, porém, que não irá se licenciará do cargo, já que as sessões de quimioterapia serão sempre às quintas-feiras, começando por esta do dia 27. “Fazendo a sessão na quinta, tenho sexta, sábado e domingo para me recuperar. Não me licenciarei, voltarei a presidir as sessões das pautas principais, pelo menos às terças-feiras. Continuarei no exercício do mandato até porque é um momento muito difícil para o estado”. “Pretendo dar minha colaboração”, completou. Picciani passou por uma cirurgia para retirar dois tumores de bexiga, um deles muito grande, há duas semanas, após constatar um sangramento. Porém, exames de patologia consideraram o câncer muito agressivo, que demandaram a cirurgia radical.
23/03/2017 | 16:33:16
Ponte Salvador - Ilha de Itaparica
(Por Fernanda Dourado) A polêmica construção da ponte Salvador – Ilha de Itaparica foi, diversas vezes, pauta de debate calorosos entre oposição e situação. Mais uma vez na Casa o assunto foi discutido. Desta vez, em uma reunião conjunta entre com o Colegiado Especial da Ferrovia da Integração Oeste Leste e do Porto Sul e de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Na reunião, deputados contrários e a favor estiveram presentes para ouvir o vice-governador da Bahia e secretário de Planejamento, João Leão, que apresentou o projeto. A proposta é complexa, de grande porte e que, segundo o vice-governador, vai beneficiar diversas regiões do Estado.
23/03/2017 | 16:25:57
Ponte Salvador-Itaparica
(Por Fernanda Dourado) O investimento para a construção da ponte Salvador-Itaparica será aproximadamente R$ 8 bilhões. 20% dos custos serão bancados pelo Governo do estado, que já tem assegurados R$ 1,6 bilhão da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), sob a forma de financiamento. Outros R$ 400 milhões virão da Caixa Econômica Federal (5%) e o restante, 75% aproximadamente R$ 2 bilhões, serão bancados pela CRBC chinesa- empresa chinesa especializada em obras de grande envergadura. A ponte vai reduzir a distância entre as cidades.
23/03/2017 | 16:18:33
Ponte Ilhéus – Pontal;
(Por Fernanda Dourado) Já o deputado estadual, Augusto Castro, fez diversos questionamentos ao vice-governador, dentre eles: quando será a conclusão da ponte Ilhéus – Pontal; quando será feita a duplicação da 415 – que liga Ilhéus a Itabuna e a possibilidade da criação da região sul da Bahia – indicação já apresentada pelo deputado no Parlamento baiano. Para a deputado estadual, Ivana Bastos presidente do Colegiado, a reunião que também discutiu os investimentos para a conclusão das obras da Ferrovia Oeste leste (FIOL) e o Porto Sul de Ilhéus foi proveitosa.
08/03/2017 | 14:48:14
Eliseu Padilha recebe alta e volta ao governo no dia 13
O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, deixou o hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, nesta quarta-feira, 8, após ter recebido alta pela equipe médica. Ele foi internado para ser submetido a uma cirurgia na próstata, que ocorreu no último dia 27 e foi bem-sucedida. Segundo o hospital, a previsão era que Padilha recebesse alta na quinta-feira, mas sua liberação foi antecipada para hoje pela equipe médica por ele “apresentar excelente recuperação”. Apesar da alta, Padilha não vai adiantar seu retorno ao governo. Segundo a assessoria de imprensa do ministro, sua volta continua prevista para a próxima segunda-feira, 13, quando termina o período de licença médica. Até lá, ficará em casa, em repouso.
08/03/2017 | 14:41:06
Seca na Bahia
(Fernanda Dourado) Em reunião na Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Bahia os deputados aprovaram uma reunião conjunta com os Colegiados de Agricultura, meio ambiente, seca e recursos hídricos, e da infraestrutura para discutir a seca no Estado da Bahia. A população da região Nordeste do país está enfrentando a pior estiagem dos últimos 100 anos. Aproximadamente 650 municípios decretaram situação de emergência. Na Bahia, 60 cidades sofrem com a seca. Esta já é considerada a pior seca prolongada registrada na história desde 1910, quando teve início o monitoramento na região. Segundo o ex-secretário de agricultura e deputado estadual, Eduardo Sales, as ações precisam ser imediatas.
10/01/2017 | 13:27:53
Nomeação do genro de Trump para a Casa Branca gera debate sobre nepotismo
Jared Kushner, genro do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, será nomeado assessor sênior da Casa Branca. A nomeação ainda não foi oficializada, mas já está provocando um debate sobre a legalidade da medida. Para muitos, o novo emprego do genro de Trump contraria uma lei federal que proíbe o nepotismo, ou seja, a concessão de postos no governo para parentes. Mas o advogado de Kushner, Jamie Gorelick, afirmou que não há barreira legal para que ele sirva como assessor da Casa Branca. Em entrevista à rede de televisão CBS News, Gorelick disse que a lei contra o nepotismo é anterior a outra lei que dá ao presidente norte-americano “poder irrestrito” para contratar quem ele quiser. Além disso, o advogado afirmou que a lei contra o nepotismo só se aplica às agências executivas norte-americanas e não aos postos de trabalho existentes na Casa Branca. Kushner é casado com Ivanka, a filha do presidente eleito. Desde a eleição, ele foi um dos principais assessores da equipe de transição para contatos com governos estrangeiros. Ele já fez contatos com autoridades israelenses e, na semana passada, encontrou-se com o ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson. No plano interno, ele também se reuniu com os líderes do Congresso e ajudou a entrevistar candidatos para trabalhar no gabinete do presidente eleito. Ivanka Trump, que também desempenhou papel importante como assessora de seu pai durante a campanha presidencial, não vai assumir uma posição formal na Casa Branca, informou o gabinete de transição. Ela tem três filhos pequenos e seus planos imediatos estão se concentrando na mudança da família de Nova York para Washington.
Há quanto tempo o senhor está na vida pública? - Ingressei na vida pública desde os meus 21 anos de idade, quando em 1973 fui admitido como Agente de Informática de uma Fundação já extinta, do Ministério da Educação. Na vida política efetiva, eu iniciei em 1982 como candidato a Vereador em Irecê, onde objetivei segurar a bandeira da emancipação de Lapão. Durante quanto tempo durou a união política do senhor e do atual prefeito Ricardo Rodrigues? - O meu trabalho de criação e consolidação do grupo político iniciou-se há 14 anos atrás até elegê-lo prefeito em em 1996, pela 1a. vez, declarando-me entretanto, seu opositor, em agosto de 2015. Trata-se portanto de uma convivência política razoavelmente longeva. Por que a parceria Hermenilson e Ricardo não deu mais certo? -Primeiro, por covardia e soberba do Ricardo, como lhe é comum tal comportamento quando se acha investido de poder. Segundo, porque exauriu a cerne do projeto de desenvolvimento que havia sido traçado pra Lapão, cujo conteúdo não era só o de construir obras para delas se locupletar como um projeto de poder, inteiramente destituído de atenção para com a gente mais humilde da nossa terra.. Dizem que o atual prefeito não pode ser candidato a reeleição. Isso é real? - Quem vai dizer isto é a Justiça Eleitoral quando do pedido de registro da sua candidatura na campanha que se avizinha, já que será interposta uma ação própria dê impugnação por conta de está aí se buscando um 3o. mandato. Essa união com Militão é efetiva? Houve rejeição? - Tanto que é efetiva que a união se deu naturalmente no seio do povo, dai não haver rejeições. O senhor foi gestor reconhecido por ter feitos grande intervenções de Lapao. Caso seja eleito o que a população pode esperar? - A população pode esperar a retomada do projeto de desenvolvimento original, com inclusão social e de combate efetivo à onda de violência que tomou. conta da cidade e de suas povoações em geral. Uma retomada com segurança e que não busque apenas regalias para quem já as possui. Lapão precisa retomar seu projeto estruturante de esgotamento sanitário e eliminar o grotesco lixão já nos 100 primeiros dias do novo governo. Além disso precisa criar empregos de forma criativa para a juventude e para os pais de famílias, também retomando a condição de Lapão como ofertante de lazer para toda região, coisa que o atual governo degradou gravemente, por falta do estabelecimento de políticas públicas efetivas nessa direção. Saberei ser tão criativo quanto o fui o bastante na implantação dos projetos criativos que criei lá atrás, sem ter havido a continuidade devida de implementação. Qual expectativa do governo Temer? - O governo Temer tem um grande desafio pela frente que é o de se desfazer da bagunça de de todo gênero de corrupção do governo Dilma. Não é fácil se livrar de tantas mazelas, mas o Brasil precisa se libertar do atoleiro lulo-petista em que nos enveredamos. O senhor está fialiado ao PMDB. Por que resolveu voltar para legenda? -O PMDB é a legenda onde historicamente travei minha militância política. E, caso o senhor seja eleito, Como será sua relação com o governo do estado? -Nunca tive nenhuma dificuldade em me relacionar e conduzir um governo sem realinhamentos políticos. Foi assim que me conduzi nos meus mandatos anteriores, com ótima repercussão histórica, como aliás está fresquinho na memória do nosso povo.
Antônio Conselheiro