“Bolsonaro e ACM Neto devem ser derrotados nos quatro cantos da Bahia”, ataca Éden – presidente estadual do PT; Veja com exclusividade a resolução das Diretrizes para a Tática Eleitoral PT/BA 2020

(Por Fernanda Dourado) 

Em entrevista ao Bahia Repórter, o presidente estadual do PT, Edén Valadares,  afirmou que na primeira reunião do Grupo de Trabalho Eleitoral realizada nesta terça-feira (7) foram definidas diversas diretrizes da legenda. Segundo o petista –  algumas como prioridade. “A defesa do legado do PT; dos legados de Lula, Dima, Wagner e Rui; a prioridade de alianças com a Esquerda e a Base de Apoio do Governo do Estado”, afirmou o petista.

Ainda de acordo com o presidente estadual do PT, alguns vetos foram discutidos. “Vetamos a participação nos palanques petistas daqueles que defendem o bolsonarismo e o carlismo. Bolsonaro e ACM Neto devem ser derrotados nos quatro cantos da Bahia”, afirmou Éden – militante do Partido dos Trabalhadores desde 2001 – que foi eleito em outubro de 2019. O petista afirmou ainda que o partido tem 36 prefeitos e a meta é eleger  50 no estado da Bahia. 

*Diretrizes para a Tática Eleitoral PT/BA 2020*

As eleições municipais 2020 tem caráter estratégico para o Partido dos Trabalhadores e para o aprofundamento do nosso projeto de transformação da Bahia. *O PT não abrirá mão da defesa da trajetória vitoriosa do partido ao longo destes 40 anos, e de suas principais lideranças*, como Lula, Dilma, Wagner, Rui Costa, entre outros.

É de fundamental importância a defesa das políticas dos governos Wagner e Rui que transformaram a realidade econômica e social do Estado e instauraram a democracia na Bahia, sem prejuízo às dinâmicas políticas municipais e das questões como Educação, Saúde, Infraestrutura, Direitos Humanos e Desenvolvimento Econômico e Social, com recorte local,

Paralelamente, *o PT dará principalidade a questão da disputa nacional para enfrentar o bolsonarismo e derrotar, nas ruas e nas urnas, o projeto da ultra-direita, unindo a esquerda e as forças democráticas* pela defesa das conquistas dos trabalhadores e do povo. Desde 2002 a Bahia tem fundamental importância eleitoral para as candidaturas presidenciais do PT e, *em 2020, vamos consolidar nosso papel como principal palanque estadual do PT no Brasil.*

*As alianças para a constituição de chapas de Prefeitos e Vices serão construídas com os partidos de esquerda e da base aliada ao Governo do Estado*, tendo sempre o eixo de  derrotar as forças de sustentação do projeto nacional de Bolsonaro e do projeto estadual do DEM e seus aliados. De forma direta: o PT buscará a constituição de frentes eleitorais municipais tendo como referência a esquerda e os aliados do Governo Rui Costa, sendo *interditada as composições com o bolsonarismo e seu aliado local, o carlismo.*

Nas cidades que são pólos territoriais ou regionais, o PT organizará nesta fase de pré-campanha a ocupação dos espaços de Rádio, TV, Blogs e demais Mídias e Redes Sociais para a defesa do Partido e do seu legado, da democracia e combater a criminalização dos movimentos sociais feitas pela direita e o conservadorismo. É importante a valorização da construção de Programas de Governo Participativos em todos os municípios, defendendo o legado de nossos governos e seus impactos em cada local, aprofundando o diálogo com os diversos segmentos e forças vivas da sociedade, reforçando o caráter aberto, plural e inclusivo do modo petista de fazer política.

*Considerando esses elementos e observando a definição do calendário de eventos e definições com base na direção Estadual e Nacional, o Grupo de Trabalho Eleitoral do PT Bahia orienta:*

*Prioridade absoluta para montagem da chapa completa de vereadores/as,* com critérios de representatividade política e social, com atenção às diversidades, a participação de jovens e aplicando ao pé da letra a cota de 30% de mulheres candidatas, todas engajadas para valer.

A realização de *Encontros Territoriais de Tática Eleitoral entre os dias 17 de janeiro e 17 de fevereiro de 2020*; e orienta *para março a realização do Encontro Estadual* de Tática Eleitoral.

Para os Encontros Territoriais de Tática Eleitoral, *o GTE vai elaborar e apresentar um conjunto de informações técnicas e políticas que subsidiarão os municípios na construção das eleições tendo em vista as áreas Jurídica, Contábil e Comunicação* – sobretudo as Mídias e Redes Sociais. Orientará também as diretrizes para elaboração para os programas de governos e plataformas eleitorais.

Em consonância com resolução da Executiva Estadual e salvo nova definição do Diretório Nacional do PT, *orienta que as cidades realizem encontros municipais para definição de tática e candidaturas somente após dia 3 de abril*, com vistas a organizar também as convenções municipais. Casos em que haja consenso no município sobre a apresentação de pré-candidaturas majoritárias deverão ser obrigatoriamente submetidos à Comissão Executiva Estadual.

*Será considerado a centralidade do debate de tática eleitoral, programa de governo e política de alianças nas cidades em que se realizam eleições em dois turnos* (Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista) observando a potencialidade do PT nas referidas disputas.

 

Salvador 7 de janeiro de 2020

*GTE – Grupo de Trabalho Eleitoral*

da Comissão Executiva Estadual

*do Partido dos Trabalhadores da Bahia*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *