Cadáveres continuam se mexendo por mais de um ano após

Não precisa se imaginar no cenário de The Walking Dead, mas fique sabendo que os mortos não descansam tão em paz assim. Um estudo feito por pesquisadores forenses da Universidade Central de Queensland, na Austrália, revelou que os cadáveres podem se mover significativamente por meses após o início da decomposição.

Os movimentos não são suficientes para fazer um defunto sair andando, claro, mas podem fazer diferença para o estudo forense. Os pesquisadores acompanharam e fotografaram cadáveres ao longo de 17 meses para verificar a evolução dos movimentos. Em um dos casos, o corpo iniciou a decomposição com os braços colados ao corpo e, ao fim do período, ele já estava de braços abertos.

compartilhem