Desembargadora Sandra Inês e filho são presos após operação da PF

A desembargadora Sandra Inês Rusciolelli, afastada recentemente do Tribunal de Justiça por determinação da Operação Faroeste, e seu filho, Vasco Rusciolelli Azevedo, foram presos após uma operação da Polícia Federal realizada na manhã desta terça-feira (24).

Em abril do ano passado, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) instaurou um procedimento de investigação contra e a intimou para prestar esclarecimentos de fatos que “supostamente caracterizariam prática de condutas irregulares, inclusive de aspecto criminal, imputados à magistrada”.

O crime investigado era de extorsão, corrupção ativa e associação criminosa, com indicativo de participação do filho da desembargadora.

A ação estaria relacionada a Operação Faroeste, que investiga esquema de grilagem de terras no Oeste da Bahia por meio de suposta vendas de sentenças e tráfico de influência entre desembargadores, advogados, grileiros e empresários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *