Juiz rejeita fiança de US$ 5 milhões para libertar ex-presidente da Braskem

O juiz federal americano Steven M. Gold rejeitou hoje um pacote de fiança para o ex-presidente da Braskem José Carlos Grubisich, acusado de violar a Lei de Práticas de Corrupção no Exterior, registra O Globo.

Preso pelo FBI em 20 de novembro, Grubisich é acusado de conspirar para violar as leis americanas de corrupção estrangeira e lavagem de dinheiro. Ele se declara inocente.

A defesa do ex-presidente da Braskem pediu que ele ficasse sob monitoramento eletrônico na sua casa em Nova York, mediante pagamento de fiança de US$ 5 milhões em bônus, US$ 500 mil em dinheiro e uma propriedade de US$ 1 milhão.

O juiz recusou a proposta alegando que o pacote de fiança era irrisório para um homem com patrimônio estimado em US$ 64 milhões.
Enfim, o combate à corrupção avança no território inexplorado do Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *