Quase dois séculos de história: Banda de Música Maestro Wanderley da PM/BA

Fotos: Washington Silva Jornalista CPE /

(Por Fernanda Dourado)

A sessão especial encheu de melodias e emoção o plenário da Assembleia Legislativa da Bahia. Não era pra menos… como não comemorar os 170 anos da Banda de Música Maestro Wanderley, da Polícia Militar da Bahia com música e harmonia?!? Dos quase dois séculos de existência do grupo, aproximadamente quatro décadas foram acompanhadas de perto pelo Coronel Anselmo Brandão.

“O símbolo da Banda Militar começa quando a gente entra na escola. Pelos primeiros acordes a gente aprende a dar os primeiros passos, os primeiros hinos e, também, a exercer e introduzir o sentimento de cidadania”, afirmou Coronel Anselmo Brandão. 

O grupo musical foi criado em 17 de setembro de 1849. Em 2018, a banda foi reconhecida como Patrimônio Imaterial do Estado pela Assembleia Legislativa da Bahia. São vários os serviços prestados à sociedade baiana, além de servir à própria Polícia Militar e ter uma integração com a comunidade.

Para o proponente da sessão, deputado estadual Samuel Júnior, a banda, além do papel cívico tem uma importante atuação social. Atualmente, o segmento musical da PM é composto por 35 integrantes  e é destaque no cenário artistico Baiano. Há mais de 29 anos no grupo, o Capitão Sarmento lembra de um dos  momentos marcantes da banda, durante a revitalização do Pelourinho. “Foi um momento emocionante quando participamos de um momento especial com a filarmônica de Berlim”, afirma Capitão Sarmento.

 

 

O repertório é eclético! Erudito, MPB e, claro, o axé. O músico mais antigo do grupo é o Tenente Freitas, que entrou na PM Há 32 anos e um ano depois  já integrava o conjunto musical! Ele, que antes de ser policial já era  músico, hoje comemora a homenagem. “Estamos muito honrados! A música transcende a alma”, falou emocionado o Tenente Freitas. 

A banda tem história e faz parte da história do país. O conjunto foi junto com as tropas nacionais para a Guerra do Paraguai e participou de uma  apresentação para o  presidente da república, Getúlio Vargas. O grupo foi também a primeira banda militar a subir em um trio elétrico no Carnaval de Salvador.

Além de parabenizar a banda, O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia homenageou todos os policiais militares da Bahia e exaltou o ensino do Colégio Militar aqui no estado. “Parabenizar a banda, os militares baianos e o ensino do Colégio Militar”, afirmou Nelson Leal.

O vice -governador da Bahia, João Leão, também esteve presente para prestigiar a comemoração. Presente na homenagem, a taquígrafa da ALBA e bisneta do Maestro Wanderley Lima, que dá nome à banda, lembrou do bisavô e do hino composto por ele, que toca o coração de muitos baianos. “Ele é um dos compositores do Hino do Senhor do Bonfim. É uma grande honra participar desta belíssima homenagem. 

compartilhem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *