Seja bem vindo! Salvador, 23 de Agosto de 2014
   
Notícias
Publicada em 25 de Outubro de 2010 ás 09:49:26 Share

Como e quando surgiu o dia do Comerciário?

O “Dia do Comerciário” é comemorado em todo o Brasil no dia 30 de outubro. Para os que ainda não sabem a razão desta importante data, é necessário voltarmos no início do século passado, quando começaram a surgir as primeiras associações e uniões de empregados no comércio para lutar contra os abusos a que eram submetidos pelos empregadores (mais tarde essas associações iriam se transformar em sindicatos). Os comerciários eram obrigados a cumprir jornadas de trabalho superiores a 12 horas diárias e trabalhar aos domingos e feriados sem direito a folga, além de conviverem com a ameaça de demissão, caso reclamassem desse regime de servidão. Contra essa exploração, surgiram, em vários estados da federação, organizações de comerciários. Essas organizações prepararam, no dia 29 de outubro de 1932, uma grande manifestação no Rio de Janeiro, com aproximadamente cinco mil comerciários marchando em direção ao Palácio do Catete, onde foram recebidos pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas. Neste memorável encontro, os comerciários entregaram ao presidente as reivindicações da jornada de trabalho de oito horas diárias e repouso remunerado aos domingos. Este fato marcou a categoria dos comerciários como os precursores da luta dos trabalhadores na conquista da jornada de trabalho de oito horas diárias e repouso aos domingos e feriados. O dia 30 de outubro ficou marcado como o “Dia do Comerciário” e a reivindicação da categoria foi, posteriormente, estendida a todos os trabalhadores do Brasil. Assim, sugerimos a realização dessa Sessão Solene para relembrarmos, nesse dia, a trajetória de conquistas, o espírito de luta e a determinação daqueles companheiros comerciários. Bem como, para renovar essa luta em busca de novas conquistas por melhores condições de trabalho e de vida. As informações são do site : www.joseairton.org.br

Leia Também
Assembleia Legislativa: Joacy Dourado assume mandato
O ex-prefeito de Irecê Joacy Dourado (PT) tomou posse nesta segunda-feira (21) na Assembleia Legislativa, após a recontagem de votos e consequente redistribuição das cadeiras determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O gabinete 207 do Anexo Wilson Lins, ocupado até a última sexta-feira (18) pelo agora ex-deputado Capitão Tadeu (PSB), é o destino do petista. Durante o protocolo de assinatura da posse Dourado criticou a morosidade da Justiça.
 
191 anos da independência da Bahia

(Por Fernanda Dourado)

As comemorações pelos 191 anos da independência da Bahia levaram crianças, adolescentes, moradores e turistas às ruas da primeira capital do Brasil. Na lapinha, onde ficam guardados os carros do caboclo e da cabocla, o governador Jaques Wagner, o presidente da assembleia legislativa, Marcelo Nilo e o prefeito de salvador, ACM Neto participaram do hasteamento das bandeiras, em frente ao pavilhão 2 de julho.  Este ano, por conta da copa do mundo, o verde amarelo ainda estava mais forte na comemoração. O 2 de julho marca a independência do brasil na Bahia. Desde 2012, a data histórica foi instituída no calendário dos principais acontecimentos do Brasil. No período da tarde foi retomada com a homenagem da câmara aos heróis da independência e início do cortejo cívico até o campo grande. No local houve hasteamento das bandeiras pelas autoridades, colocação de coroas de flores no monumento ao dois de julho, execução dos hinos ao dois de julho e nacional e acendimento da pira do fogo simbólico.  

 
Pedro Galvão deve ser substituído por empresário na Setur
Como consequência da tomada do PR pelo deputado federal João Bacelar, tudo indica que o atual secretário estadual de Turismo, Pedro Galvão, vai cair. Ele deve ser substituído pelo empresário baiano Roberto Duran. Falta apenas o convite a ser formalizado pelo governador Jaques Wagner.
 
PT quer mostrar força em convenção marcada para o Parque de Exposições
Depois de encarar nos últimos meses discursos adversos de que houve imposição na definição da majoritária governista para as eleições de outubro, o petista Rui Costa (PT) chancela hoje a sua candidatura para governador do estado, tendo dois fortes apoiadores: a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As estrelas nacionais do PT estarão presentes na convenção, que acontece a partir das 9h, no Parque de Exposições, em Salvador. Os candidatos ao governo, a vice, João Leão (PP) e ao Senado, Otto Alencar, também mobilizam a base com seus candidatos a deputado federal e estadual para impulsionarem a corrida. Lideranças do PT e aliados do governo preveem um evento de grande porte para dar o pontapé na campanha da majoritária ao Palácio de Ondina. Rui disse que pretende usar a imagem de Dilma e Lula, mas não quer fazer da tese do alinhamento federal um mantra. “Vou usar, mas nossa campanha vai mostrar muito o desempenho e as habilidades pessoais”, disse, sinalizando que terá peso a imagem dele próprio. Mas, para o início da maratona eleitoral, a perspectiva é de que a presença de Dilma e Lula dê força ao candidato. “A expectativa é muito positiva. Não quero dar previsibilidade, mas posso garantir que será ‘n vezes’ maior do que a deles”, disse, se referindo ao ato da oposição que oficializou Paulo Souto (DEM) ao governo, Joaci Góes (PSDB) para vice e Geddel Vieira Lima (PMDB) ao Senado.
 
TSE cassa mandato de Capitão Tadeu; decisão cabe recurso
A ministra Luciana Lóssio, em decisão monocrática, cassou o mandato do deputado estadual Capitão Tadeu (PSB), na última quarta-feira (25). O motivo são os cerca de 12 mil votos que pertencem a Vank Medrado, do PSL, ex-candidato a deputado estadual. Em dezembro de 2010, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considerou válidos os votos obtidos pelo ex-candidato, promovendo uma mudança no coeficiente eleitoral que acabou derrubando o deputado estadual eleito Carlos Brasileiro do PT e promovendo Tadeu para a vaga. Em entrevista ao Bahia Notícias, a advogada de Capitão Tadeu, Cristiane Sandes, informou que espera apenas a publicação para recorrer da decisão."Como saiu na quarta-feira, ainda não foi publicada no Diário. Estamos esperando essa publicação para recorrer. Enquano isso, Tadeu continua legislando", garantiu. Ainda de acordo com a defesa do deputado, a Polícia Federal concluiu um inquérito que aponta fraude no pedido de reconsideração dos votos de Vank. "A ministra, que foi advogada da campanha de Dilma Rousseff, do PT, se prendeu à jurisprudência. Mas, o mérito ainda não foi julgado", pontuou.
 
Uziel Bueno se afasta da TV e do rádio para disputar vaga de deputado estadual
O jornalista Uziel Bueno se afasta, nesta sexta (27), da apresentação dos programas Brasil Urgente e Band Comunidade (TV Band Bahia) e das Rádios Tudo FM e Rádio 100, para disputar as eleições deste ano, concorrendo a uma vaga de deputado estadual. O comunicador é aposta do Partido Verde para ampliar a bancada na Assembléia Legislativa. Uziel chegou a assumir como suplente em dezembro de 2012, ficando até agosto de 2013. O nome de Uziel Bueno como candidato a deputado estadual será ratificado na convenção do Partido Verde, que acontecerá neste sábado, às 10h, no Sol Bahia Hotel, em Patamares.
 
José Carlos Aleluia: Pré de Wagner dá “tiro no pé”
“O pré de Wagner deu um tiro no pé ao reconhecer que o governo petista só fez concluir as barragens deixadas praticamente prontas por Paulo Souto”, afirma o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, ao saber das reações do PT na imprensa. “A única barragem que eles iniciaram foi a de Colônia, mas está parada para desespero da população de Itabuna”, observa Aleluia, que acompanha o candidato a governador, Paulo Souto, e os deputados federais Fábio Souto e Cláudio Cajado em visita a Rio de Contas, onde participam da procissão de Corpus Christi, na tarde desta quinta-feira (19). Para o líder democrata, o reconhecimento do pré de Wagner atesta que é enganosa a propaganda de construção de barragens do atual governo. “Eles abandonaram o programa de barragens para o semiárido de nosso governo. Só fizeram concluir o que deixamos quase pronto”.
 
Com 52 votos, João Bonfim é eleito conselheiro do Tribunal de Contas do Estado
O deputado estadual João Bonfim (PDT) foi escolhido pelos colegas da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) para ser conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) na sucessão da vaga de Filemon Matos. O parlamentar foi eleito por 52 votos secretos, inscritos em cédulas, contados pelo presidente Marcelo Nilo (PDT) e acompanhados pelo governista Fabrício Falcão (PCdoB) e pelo oposicionista Leur Lomanto Jr. (PMDB). Foram computadas duas ausências, das deputadas Maria Luiza Orge (PSC) e Ângela Sousa (PSD), e nove brancos. Bonfim era o único postulante ao posto. A função de conselheiro do TCE, cargo vitalício, dá direito a salário de R$ 20 mil, assessores e carro oficial. Os deputados ainda irão apreciar, nesta quarta-feira (28), as indicações dos nomes da situação, o federal Zezéu Ribeiro (PT-BA), e da oposição, o estadual Carlos Gaban (DEM), para mais um cargo de conselheiro no TCE, no lugar de Zilton Rocha. Os parlamentares também avaliarão a escolha de Mário Negromonte (PP-BA), que concorre sozinho à sucessão ao posto na Corte dos Municípios (TCM), antes ocupado por Paulo Maracajá.