Seja bem vindo! Salvador, 25 de Fevereiro de 2018
   
Notícias
Publicada em 20 de Dezembro de 2012 ás 15:01:03 Share

'Vai ser o melhor natal do mundo', diz mãe aos 61 anos sobre alta dos filhos

Antônia Leticia Asti, a mulher que realizou o sonho de ser mãe aos 61 anos, saiu com a filha Sofia no colo do hospital São Lucas, em Santos, no litoral de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (20), mais de dois meses após o parto. O pai dos bebês, José Cesar Asti, registrou o momento emocionante para a família com diversas fotografias. O outro gêmeo, Roberto, sofreu uma hemorragia no começo do mês, e segue internado em uma incubadora, mas tem previsão de transferência para o berço ainda nesta quinta. A mãe dos gêmeos recebeu alta médica 14 dias após o parto, que aconteceu em 23 de outubro deste ano. Os bebês ficaram internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neo Natal do hospital para ganhar peso, já que nasceram de 31 semanas. Os pais chegaram no hospital por volta das 10h20, e traziam em uma sacola a roupinha de Sofia. “O coração está disparado porque eu vou levar a minha filha. É bastante emocionante”, disse o pai dos bebês José Cesar. Antônia chegou com novo visual, de cabelos vermelhos e bem mais magra, e disse estar disposta a cuidar dos gêmeos. “Eu estava inchada e já me recuperei. Voltei ao meu peso, 55kg. Estou ágil, bem magrinha”, conta a mãe dos gêmeos. Os pais entraram no hospital e saíram por volta das 11h com Sofia, que nasceu menor que o irmão, mas foi a primeira dos gêmeos a receber alta médica. "A Sofia teve uma recuperação melhor nessa jornada", lembra o médico Orlando de Castro Neto, que acompanhou o parto e o estado de saúde dos bebês. Ela saiu da maternidade com 2.340 quilos e, partir de agora, ficará sob os cuidados dos pais, que estavam emocionados com a melhora e alta médica da filha. "Não tenho nem palavras. É a coisa mais linda. É o sonho realizado. A gente sofria junto com ela, mas vou indo devagarzinho", diz Antônia.

Leia Também
PT lança pré-candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República

 Mesmo com a manutenção da condenação de Luiz Inácio Lula da Silva no caso tríplex da Operação Lava Jato , o Partido dos Trabalhadores (PT) lança na manhã desta quinta-feira (25), em reunião ampliada da comissão executiva do partido, o nome do ex-presidente como pré-candidato à Presidência da República para as eleições deste ano. A candidatura, entretanto, só poderá ser formalizada em agosto. No início da reunião, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que o encontro e o lançamento da candidatura de Lula são um ato político. "Ontem, o Brasil conheceu o tamanho da nossa militância", disse, lembrando dos movimentos que ocorreram pelo País contra a sentença do ex-presidente. "Para prender o Lula, vocês vão ter de prender milhares de brasileiros", afirmou Lindbergh Farias, líder do PT no Senado.

 
Alex Lima lamenta morte de Marcinho do MST e pede rigorosidade nas investigações
O deputado estadual Alex Lima (Podemos) lamentou a morte de Márcio Oliveira Matos, 32 anos, dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), assassinado na noite desta quarta-feira (24) na cidade de Iramaia, região da Chapada da Diamantina. “Com muita tristeza recebi a notícia da morte de Marcinho. Apesar de jovem, ele sempre se destacou pela força, coragem e militância que resultou em grandes conquistas para o Movimento Sem Terra. Registro toda minha solidariedade e sentimentos de pesar para familiares e amigos deste grande guerreiro que dedicou sua vida à promoção da igualdade social”, disse o deputado, pedindo rigorosidade nas investigações. “Peço à Secretaria de Segurança Pública celeridade nas investigações para que os autores deste crime covarde sejam identificados e punidos. Para nós, que acompanhamos toda disposição e alegria de Marcinho, fica apenas a saudade e as lembranças de uma trajetória dedicada às políticas de reparação”, completou.
 
Jornalistas de vários países acompanham julgamento de Lula no TRF-4

 Jornalistas de vários países acompanham julgamento de Lula no TRF-4

Cerca de 130 jornalistas brasileiros e dos quatro cantos do mundo acompanham o julgamento histórico do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva da sala de imprensa montada em um auditório do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que julga na manhã desta quarta-feira, 24, os recursos contra a condenação do ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão no caso tríplex.Às 10h28, o relator dos casos da Operação Lava Jato, desembargador João Pedro Gebran Neto começou a fala para leitura de seu voto da sentença de revisão da sentença.Há jornalistas dos Estados Unidos, China, Japão, Alemanha, França, Espanha, Dinamarca, Catar e Argentina entre os credenciados, além dos jornalistas brasileiros. Eles acompanham a sessão por dois telões que acompanham a sessão e transmitem as notícias em tempo real por TV, internet e rádio.São 43 correspondentes estrangeiros e cerca de 250 profissionais de imprensa do Brasil, que estarão nas áreas destinadas à cobertura jornalística do julgamento, dentro e fora do tribunal. A área interna do TRF-4 é restrita a um grupo.Ao lado de fora do Tribunal, nas ruas de Porto Alegre e outras capitais do país, manifestantes a favor e contra o ex-presidente aguardam o resultado da sessão.Inconformado com a pena de 9 anos e 6 meses de prisão imposta pelo juiz federal Sérgio Moro, o ex-presidente recorreu ao Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, a Corte de apelação da Lava Jato. Ele nega ser dono do imóvel do Guarujá, que é visto pelo magistrado, em sentença de julho de 2017, como propina de R$ 2,2 milhões da empreiteira OAS.
 
Centro de Convenções: Pablo Barrozo ironiza e diz que ACM Neto deu uma "mãozinha" a Rui Costa; Rosemberg Pinto diz que governo também fará um Centro de Convenções
(Por Fernanda Dourado) O novo Centro de Convenções - que será construído na área do antigo aeroclube - foi a pauta nos corredores da Assembleia da Bahia e causou muito burburinho político. Lado a lado, os deputados estaduais Pablo Barroso (DEM) e Rosemberg Pinto (PT) conseguiram prender a atenção de diversos comunicadores presentes quando concediam uma entrevista ao jornalista Cristóvão Rodrigues a respeito do anúncio da obra. O embate político e as respostas irônicas de ambos para defender seus líderes políticos em relação ao Centro de Convenções eram escutadas com atenção pelos jornalistas. De um lado o petista, que além de afirmar que o prazo de 1 ano e 2 meses dado pelo gestor da capital baiana para construção é um mito, ironizou o anúncio ao afirmar que o Centro de Convenções idealizado por Neto é um espaço para casamentos e formaturas. "Eu desafio a prefeitura a concluir o Centro neste prazo anunciado. Vai ser no mínimo 4 anos. Espero que entregue antes. Vender sonhos é diferente do que faz o governador Rui Costa que entrega a realidade. São Paulo tem cinco centro de Convenções. Salvador também precisa de um. Mas este que ACM Neto quer construir em Salvador é destinado para formaturas e casamentos, ou seja, um cerimonial. Nós vamos construir um Centro de convenções à Bahia. E temos a nossa marca que é o metrô", alfinetou Pinto. O democrata - que estava rindo aos quatro cantos com a notícia - aproveitou o gancho para defender o prefeito com diversas indiretas para o governador e os governistas da Casa. "O prazo de 4 anos é para o governo de Rui Costa. Nós vamos entregar a obra no tempo que foi estipulado. Acho que o governador deveria está feliz com a "mãozinha" que o prefeito está dando para ele, já que o Centro de Convenções não irá beneficiar apenas Salvador, mas a Bahia. Vamos gerar emprego, renda e movimentar o turismo baiano. Vamos fazer o que o governo incompetente e omisso não fez. Só esperamos agora que o governo cumpra com a Ponte Salvador-Itaparica", satirizou Barroso. Outro assunto debatido entre legisladores de diversos partidos foi a forma sigilosa a respeito do planejamento da construção do Centro de Convenções em Salvador e como a notícia não vazou à imprensa. Até os oposicionistas confirmaram que a informação foi guardada a sete chaves. Mas uma coisa é certa, às sete chaves distribuídas pelo prefeito ACM Neto foram dadas apenas às pessoas de inteira confiança dele, já que quem abriu o grande baú e revelou o tesouro foi o próprio prefeito da cidade.
 
Guinness Book

( Por Fernanda Dourado) 

 Portadora da doença degenerativa que faz com que as células parem de produzir colágeno, Verônica Almeida, ficou paraplégica aos 33 anos. Ela – que é formada em educação física – conseguiu como forma de superação: o esporte. Hoje, aos 41 anos, a paratleta tem seu nome gravado no Guinness Book, o Livro dos Recordes, como a atleta mais rápida a nadar 10 km em mar aberto e esteve na Comissão de esporte da Assembleia Legislativa da Bahia para falar sobre a importância do esporte na vida de crianças especiais.  A comissão do esporte da Assembleia Legislativa da Bahia discutiu esporte para crianças especiais em uma audiência pública que atraiu autoridades, deputados estaduais, esportistas e paratletas. Para o deputado estadual Bobô – que foi proponente da audiência pública, além dos inúmeros benefícios para a saúde, o esporte é uma forma de inclusão social. De acordo com o deputado estadual Roberto Carlos, esta audiência pública  mostrou além da importância do esporte, os exemplos de superação. Praticar esportes com regularidade traz inúmeros benefícios para a saúde física e mental dos praticantes, além de melhorar a qualidade de vida. Para as pessoas com deficiência, praticar esportes pode representar muito mais que saúde.

 
Esporte na Alba

(Por Fernanda Dourado)

 A comissão do esporte aqui da ALBA debateu sobre o tema Atividade Física para crianças especiais. A audiência pública atraiu autoridades, deputados estaduais, esportistas e paratletas.  Portadora da doença degenerativa que faz com que as células parem de produzir colágeno, Verônica Almeida ficou paraplégica aos 33 anos. Ela – que é formada em educação física – viu no esporte um caminho para a superação. Hoje, aos 41 anos, Veronica está no Guinness Book, o Livro dos Recordes, como a paratleta mais rápida do mundo em competições de 10 km em mar aberto. Ela esteve na Comissão de esporte da ALBA para falar sobre a importância da atividade física na vida de crianças especiais.   Para o deputado estadual Bobô – proponente da audiência pública - além dos inúmeros benefícios para a saúde, o esporte é uma forma de inclusão social.  Já o deputado estadual Roberto Carlos enfatizou a importância de mostrar exemplos de superação em eventos como esse.

 

 
Pernambuco

(Por Fernanda Dourado) 

A transferência de uma empresa que pertence ao Estado para o domínio da iniciativa privada é sempre um tema polêmico. A primeira audiência contra a privatização da Chesf aconteceu no estado de Pernambuco e depois as discussões se expandiram para todo o Nordeste. Aqui na Bahia, a audiência publica foi proposta pelos deputados estaduais Fábio Souto e Zó, que integram o Colegiado de Meio Ambiente.

 
 

 

 
Mobilização contra privatização da Chesf

(Por Fernanda Dourado)

A audiência reuniu funcionários da Chesf de Salvador, Paulo Afonso e Sobradinho. Representantes dos Movimentos “Por moradia”; “Atingido por Barragem” e “Eu Digo não à privatização” também estiveram presentes, além de indígenas, ribeirinhos,  parlamentares estaduais e federais baianos e do deputado estadual de Pernambuco, Lucas Ramos, que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Chesf