Seja bem vindo! Salvador, 28 de Março de 2017
   
Notícias
Publicada em 16 de Setembro de 2013 ás 08:43:16 Share

Sem apoio, Geronimo completa 10 anos na Escadaria do Passo

Na rua de paralelepípedo, um rapaz de camisa do Bahia passa e cumprimenta Geronimo, sentado num dos degraus da escadaria do Passo, no Carmo. "Axé!",  ele responde. O moço segue seu caminho enquanto canta alto o verso "Eu sou negão". Sua voz invade a rua estreita e os turistas baixam suas câmeras para olhar. De onde está, Geronimo completa a canção, falando baixinho: "Meu coração é a liberdade". É assim que é entrevistar Geronimo, 60 anos,  no lugar onde ele faz festa.A toda hora alguém chega para levar uma prosa, e os moradores vão dando bom dia enquanto saem para trabalhar. "Tá vendo a escadaria limpa? Depois que acaba o show, a gente recolhe o lixo todo", Geronimo conta, todo orgulhoso do projeto que realiza.Há dez anos, as noites das terças-feiras (mais precisamente, das 19 às 22 horas) ganharam trilha sonora composta por clássicos da música baiana, interpretados por  Geronimo e sua banda Mont Serrat. No cenário, a escadaria do Passo da Igreja do Santíssimo Sacramento,  baianos e turistas  reúnem-se para dançar.O projeto ganhou o nome de Geronimo - O Pagador de Promessas, graças ao filme O Pagador de Promessas (1961), de Anselmo  Duarte, que imortalizou a escadaria do Passo com a história de Zé do Burro. O rapaz do filme  foi impedido de pagar uma promessa feita para Iansã na igreja de Santa Bárbara.Geronimo explica que a homenagem vai muito além da coincidência do cenário: "Talvez seja o carma de Zé do Burro que ronde por aqui. O filme fala sobre intolerância. O poder  público muitas vezes não olha na minha cara. E olhe, todo mundo diz que é da democracia, mas fale mal que você vê o que acontece. Ficam naquela de 'magoou, magoou', e depois vem a retaliação, pode escrever aí".

Leia Também
Ponte Salvador - Ilha de Itaparica
(Por Fernanda Dourado) A polêmica construção da ponte Salvador – Ilha de Itaparica foi, diversas vezes, pauta de debate calorosos entre oposição e situação. Mais uma vez na Casa o assunto foi discutido. Desta vez, em uma reunião conjunta entre com o Colegiado Especial da Ferrovia da Integração Oeste Leste e do Porto Sul e de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Na reunião, deputados contrários e a favor estiveram presentes para ouvir o vice-governador da Bahia e secretário de Planejamento, João Leão, que apresentou o projeto. A proposta é complexa, de grande porte e que, segundo o vice-governador, vai beneficiar diversas regiões do Estado.
 
Ponte Salvador-Itaparica
(Por Fernanda Dourado) O investimento para a construção da ponte Salvador-Itaparica será aproximadamente R$ 8 bilhões. 20% dos custos serão bancados pelo Governo do estado, que já tem assegurados R$ 1,6 bilhão da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), sob a forma de financiamento. Outros R$ 400 milhões virão da Caixa Econômica Federal (5%) e o restante, 75% aproximadamente R$ 2 bilhões, serão bancados pela CRBC chinesa- empresa chinesa especializada em obras de grande envergadura. A ponte vai reduzir a distância entre as cidades.
 
Ponte Ilhéus – Pontal;
(Por Fernanda Dourado) Já o deputado estadual, Augusto Castro, fez diversos questionamentos ao vice-governador, dentre eles: quando será a conclusão da ponte Ilhéus – Pontal; quando será feita a duplicação da 415 – que liga Ilhéus a Itabuna e a possibilidade da criação da região sul da Bahia – indicação já apresentada pelo deputado no Parlamento baiano. Para a deputado estadual, Ivana Bastos presidente do Colegiado, a reunião que também discutiu os investimentos para a conclusão das obras da Ferrovia Oeste leste (FIOL) e o Porto Sul de Ilhéus foi proveitosa.
 
Eliseu Padilha recebe alta e volta ao governo no dia 13
O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, deixou o hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, nesta quarta-feira, 8, após ter recebido alta pela equipe médica. Ele foi internado para ser submetido a uma cirurgia na próstata, que ocorreu no último dia 27 e foi bem-sucedida. Segundo o hospital, a previsão era que Padilha recebesse alta na quinta-feira, mas sua liberação foi antecipada para hoje pela equipe médica por ele “apresentar excelente recuperação”. Apesar da alta, Padilha não vai adiantar seu retorno ao governo. Segundo a assessoria de imprensa do ministro, sua volta continua prevista para a próxima segunda-feira, 13, quando termina o período de licença médica. Até lá, ficará em casa, em repouso.
 
Seca na Bahia
(Fernanda Dourado) Em reunião na Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Bahia os deputados aprovaram uma reunião conjunta com os Colegiados de Agricultura, meio ambiente, seca e recursos hídricos, e da infraestrutura para discutir a seca no Estado da Bahia. A população da região Nordeste do país está enfrentando a pior estiagem dos últimos 100 anos. Aproximadamente 650 municípios decretaram situação de emergência. Na Bahia, 60 cidades sofrem com a seca. Esta já é considerada a pior seca prolongada registrada na história desde 1910, quando teve início o monitoramento na região. Segundo o ex-secretário de agricultura e deputado estadual, Eduardo Sales, as ações precisam ser imediatas.
 
Nomeação do genro de Trump para a Casa Branca gera debate sobre nepotismo
Jared Kushner, genro do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, será nomeado assessor sênior da Casa Branca. A nomeação ainda não foi oficializada, mas já está provocando um debate sobre a legalidade da medida. Para muitos, o novo emprego do genro de Trump contraria uma lei federal que proíbe o nepotismo, ou seja, a concessão de postos no governo para parentes. Mas o advogado de Kushner, Jamie Gorelick, afirmou que não há barreira legal para que ele sirva como assessor da Casa Branca. Em entrevista à rede de televisão CBS News, Gorelick disse que a lei contra o nepotismo é anterior a outra lei que dá ao presidente norte-americano “poder irrestrito” para contratar quem ele quiser. Além disso, o advogado afirmou que a lei contra o nepotismo só se aplica às agências executivas norte-americanas e não aos postos de trabalho existentes na Casa Branca. Kushner é casado com Ivanka, a filha do presidente eleito. Desde a eleição, ele foi um dos principais assessores da equipe de transição para contatos com governos estrangeiros. Ele já fez contatos com autoridades israelenses e, na semana passada, encontrou-se com o ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson. No plano interno, ele também se reuniu com os líderes do Congresso e ajudou a entrevistar candidatos para trabalhar no gabinete do presidente eleito. Ivanka Trump, que também desempenhou papel importante como assessora de seu pai durante a campanha presidencial, não vai assumir uma posição formal na Casa Branca, informou o gabinete de transição. Ela tem três filhos pequenos e seus planos imediatos estão se concentrando na mudança da família de Nova York para Washington.
 
Nosso gesto serve para reforçar as ligações entre Portugal e Brasil, diz Temer
O presidente da República, Michel Temer, que está em visita a Portugal pela morte do ex-presidente português Mário Soares, afirmou agora há pouco, às 11h30, horário local, que veio ao país para prestar condolências pela morte e reforçar as ligações entre os dois países.“Mário Soares intensificou enormemente as relações com nosso país, tanto que fez amizade com presidentes do nosso país, como Sarney e Fernando Henrique Cardoso, de quem era grande amigo e com quem chegou até a publicar um livro de diálogos. O nosso gesto serve para reforçar as ligações entre Portugal e Brasil, enaltecida pela figura do grande português Mário Soares”, afirmou Temer.A declaração foi feita no Palácio de Belém, sede do governo de Portugal, após uma breve reunião com o atual presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa.Após a reunião, Temer e Rebelo de Sousa se reuniram a outros líderes e chefes de Estado e se encaminharam ao Mosteiro dos Jerônimos, local do velório de Soares, para participarem das últimas homenagens fúnebres ao ex-presidente português.Por volta das 13 (horário local), o corpo de Soares deve deixar o Mosteiro dos Jerônimos, em cortejo que passará por alguns pontos da cidade de Lisboa que fizeram parte da vida dele, como a sede do Partido Socialista, do qual foi co-fundador. O enterro está previsto para começar por volta das 15h (horário local), no Cemitério dos Prazeres, restrito aos familiares. Temer chegou a Lisboa por volta das 3h da manhã e deve retornar ao Brasil ainda na tarde de hoje, por volta das 15hs.
 
Deputados querem convocar o Secretário de Turismo caso ele não compareça a reunião do Colegiado de Infraestrutura e Turismo
(Por Fernanda Dourado) O não comparecimento do Secretário de Turismo, José Alves, a Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa da Bahia foi discutido no Colegiado. De um lado a oposição que acusa o gestor de não dá importância aos dois convites feitos pelos parlamentares que desejam discutir a situação do Centro de Convenções, dentre outros, assuntos da pasta. Durante a reuniu um deputado governista ligou para o secretário e o convidou para comparecer ao Colegiado dia 21 de dezembro. O convite foi aceito. Mas caso ele não compareça, o presidente da Comissão, Hildécio Meireles, disse que a Comissão vai colocar a convocação dele em votação. “Caso ele não compareça mais uma vez vamos usar da forma regimental para convocá-lo”, acusou o deputado. Já do outro lado, os governistas alegam que o secretário de turismo tem trabalhado bastante e por isso a dificuldade de estar presente no Colegiado. De acordo com a deputada estadual, Maria Del Carmem, não há necessidade de convocação – já que todos os secretários têm atendido os convites do Colegiados. “Não há por que. Todos os secretários têm vindo à esta Casa, inclusive, esteve ele aqui ontem e participou de uma reunião da Frente Ambientalista”, defendeu Maria Del Carmem.