Seja bem vindo! Salvador, 23 de Maio de 2017
   
Notícias
Publicada em 10 de Junho de 2011 ás 17:35:03 Share

Após erros, Secretaria de Segurança Pública lança novo "baralho do crime"

 Uma edição atualizada do baralho que traz imagens dos criminosos mais perigosos da Bahia deve ser lançada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) na próxima semana. A nova versão está sendo elaborada após constatação na última quinta-feira (8), de que 9 suspeitos que faziam parte do projeto já estavam presos no Sul do estado. De acordo com a assessoria do órgão de segurança do estado, a falha ocorreu porque os mandados de prisão que já tinham sido cumpridos não foram repassados pela Justiça à polícia. O "baralho do crime", como ficou popularmente conhecido, faz parte do programa ‘Pacto Pela Vida’, da SSP, e tem o objetivo de incentivar o envio de denúncias da população baiana. Ele possui 52 cartas com a identificação e área de atuação de suspeitos de crimes em todas as regiões da Bahia e foi lançado no último dia 2. informações do Ibahia.

Leia Também
Prefeitos da região Sul da Bahia se reúnem com deputados

(Por Fernanda Dourado) 

Prefeitos, vereadores, lideranças políticas e o deputado estadual, Augusto Castro, participaram de uma audiência com a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Maria do Socorro Santiago, para debater alternativas que solucionem o possível fechamento de comarcas de Justiça no sul da Bahia. A reunião foi proposta pelo deputado Augusto Castro que tenta evitar que as unidades sejam desativadas. "A região não pode perdes comarcas. Temos que aumentar o atendimento a justiça e não diminuir", conclui. O prefeito de Buerarema, Vinícius Ibrann, afirma que a comarca do município atende a três cidades: Buerarema, São José e Jussari - que totaliza uma população de 40 mil pessoas. Ainda de acordo com ele, foram feitas várias manifestações contra o fim das atividades da comarca local que tem quase 7 mil processos e podem ser transferidos para a comarca município de Itabuna. Ele defende que os serviços da justiça no sul da Bahia sejam ampliados  e não reduzidos, já que o fim de uma comarca impacta diretamente ao direito do cidadão. "Nós resolvemos nos unir para evitar que a comarca seja fechada.  Já tivemos manifestação da cidade. Os moradores dos três municípios abraçaram simbolicamente a comarca para mostrar que não queremos perder o acesso à justiça. Estamos há mais de cinco anos sem juiz titular apenas com o substituto que vai apenas um dia na semana. Temos mais de sete mil processos esperando por julgamento. A comarca não pode fechar", bradou o prefeito Vinicius Ibrann. A possibilidade do fechamento de comarcas em alguns municípios causou preocupação aos gestores e população.  O prefeito Antônio Valete, de Jussari, disse que o município não tem comarca própria e que a população da cidade sente dificuldade para ter acesso a comarca de Buerarema que é mais próximo do município. Ainda, segundo ele, a comarca sendo transferida para uma cidade mais longe o transtorno para  se ter acesso aos serviços judiciais ainda será maior. “Vai prejudicar muito a população. Isso é um absurdo.”, afirmou. Há pouco mais de 3 anos o Tribunal de Justiça desativou 45 comarcas em todo o estado. A possibilidade de fechamento de algumas comarcas ocorre por dois motivos: a exigência de cumprimento de índices estabelecidos pelo Conselho Nacional de Justiça e a limitação do orçamento do TJ-BA.  Após a reunião, a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Maria do Socorro Santiago, disse que todas as situações serão avaliadas e que o atendimento à população é a principal meta da Corte. Para o deputado estadual, Augusto Castro, a reunião foi proveitosa. Segundo ele, a presidente do tribunal se comprometeu em realizar um plano de trabalho com os municípios para manter as comarcas.

 
Yes, we can
(Fernanda Dourado) O PTN é um dos partidos mais antigos do país. Foi fundado em 1945. Em 1960, elegeu o presidente da República Jânio Quadros. Foi extinto pela ditadura em 1965 e recriado em 1995. Em 2016, o Partido mudou de nome para "Podemos". A escolha foi inspirada no slogan de Barack Obama na campanha de 2008: yes, we can (sim, nós podemos). a presidente do Podemos nacional, a deputada federal Renata Abreu, explica que o partido tem ideias inovadoras e é o único que dá a oportunidade a qualquer cidadão para protocolar um projeto de lei na Plataforma de Democracia direta da sigla.
 
Podemos terá candidato a presidência
(Fernanda Dourado) De acordo com o presidente do partido na Bahia, deputado federal João Bacelar, conhecido como Bacelar a meta é aproximar o partido dos anseios da população brasileira. Ainda segundo ele, o partido já estuda um nome para disputar a presidência da república."Aqui na Bahia não teremos candidato a governador, mas teremos em outro estado. Também vamos ter candidato a presidência da república", afirmou.
 
Podemos
(Fernanda Dourado) O evento nacional do Podemos, atual PTN, foi realizado no auditório da Assembléia Legislativa da Bahia. Aqui na Bahia, o partido tem um deputado federal, dois deputados estaduais, 7 prefeitos, 43 vice- prefeitos e quase 150 vereadores.
 
PGR já recebeu 19 pedidos de 7 países por delações da Odebrecht
As delações premiadas da Odebrecht já motivaram 7 países da América Latina a enviarem à Procuradoria-Geral da República (PGR) um total de 19 pedidos de cooperação internacional. O Ministério Público destes países quer o compartilhamento de informações e provas apresentadas pelos executivos e ex-executivos do grupo para ajudar nas investigações paralelas que conduzem sobre o caso Odebrecht. A Secretaria de Cooperação Internacional da PGR recebeu nove pedidos do Peru, três da Argentina, dois do México, dois da República Dominicana e um da Colômbia, um do Equador e um da Venezuela. Cada pedido se refere a um caso específico ou, ainda, a um complemento em relação a uma solicitação anterior. As solicitações começaram a chegar em janeiro, mês em que o Supremo Tribunal Federal (STF) homologou as delações dos 78 executivos. O primeiro país a receber da PGR as provas que havia solicitado ao Brasil foi a República Dominicana. A remessa foi feita na quinta-feira passada, 20, após a homologação, dias antes, do acordo de colaboração do Grupo Odebrecht com aquele país. Leia mais no Estadão.
 
Jorge Picciani precisará retirar bexiga e próstata, após descobrir câncer agressivo
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), foi diagnosticado com um câncer muito agressivo e precisará passar por uma cirurgia para a retirada da bexiga e da próstata. O resultado saiu na tarde desta segunda-feira, 24, após um exame de PET Scan oncológico. A informação foi confirmada pelo próprio deputado, em entrevista à radio CBN, na manhã nesta terça-feira, 25. Segundo Picciani, antes de se submeter à cirurgia radical, que tem risco de morte, ele precisará passar por quatro meses de sessões de quimioterapia. Ele afirmou, porém, que não irá se licenciará do cargo, já que as sessões de quimioterapia serão sempre às quintas-feiras, começando por esta do dia 27. “Fazendo a sessão na quinta, tenho sexta, sábado e domingo para me recuperar. Não me licenciarei, voltarei a presidir as sessões das pautas principais, pelo menos às terças-feiras. Continuarei no exercício do mandato até porque é um momento muito difícil para o estado”. “Pretendo dar minha colaboração”, completou. Picciani passou por uma cirurgia para retirar dois tumores de bexiga, um deles muito grande, há duas semanas, após constatar um sangramento. Porém, exames de patologia consideraram o câncer muito agressivo, que demandaram a cirurgia radical.
 
Ponte Salvador - Ilha de Itaparica
(Por Fernanda Dourado) A polêmica construção da ponte Salvador – Ilha de Itaparica foi, diversas vezes, pauta de debate calorosos entre oposição e situação. Mais uma vez na Casa o assunto foi discutido. Desta vez, em uma reunião conjunta entre com o Colegiado Especial da Ferrovia da Integração Oeste Leste e do Porto Sul e de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Na reunião, deputados contrários e a favor estiveram presentes para ouvir o vice-governador da Bahia e secretário de Planejamento, João Leão, que apresentou o projeto. A proposta é complexa, de grande porte e que, segundo o vice-governador, vai beneficiar diversas regiões do Estado.
 
Ponte Salvador-Itaparica
(Por Fernanda Dourado) O investimento para a construção da ponte Salvador-Itaparica será aproximadamente R$ 8 bilhões. 20% dos custos serão bancados pelo Governo do estado, que já tem assegurados R$ 1,6 bilhão da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), sob a forma de financiamento. Outros R$ 400 milhões virão da Caixa Econômica Federal (5%) e o restante, 75% aproximadamente R$ 2 bilhões, serão bancados pela CRBC chinesa- empresa chinesa especializada em obras de grande envergadura. A ponte vai reduzir a distância entre as cidades.