Bolsonaro deve se filiar ao Partido da Mulher Brasileira para disputar reeleição

Sem êxito na empreitada de criar a própria sigla para disputar as eleições de 2022, o presidente Jair Bolsonaro deve escolher o Partido da Mulher Brasileira (PMB) para concorrer à reeleição.

 

Bolsonaro está sem partido desde o fim de 2019, quando deixou o PSL e se tornou o primeiro presidente em exercício sem legenda.  Segundo o R7, ele já passou por oito siglas diferentes desde o início da sua trajetória política, há 32 anos.

 

Disputou as eleições de 2018 pelo PSL (Partido Social Liberal). Já eleito presidente, entrou em conflitos com o presidente da sigla, Luciano Bivar. A decisão foi motivada pelo plano de fundar outro partido, o Aliança pelo Brasil. A coleta das 300 mil assinaturas para colocar o plano em prática não evoluiu e fez com que o presidente repensasse a estratégia. Agora, a intenção é filiar-se ao PMB.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email