O Papa Francisco canonizou, na manhã deste domingo (13), no Vaticano, Itália

O Papa Francisco canonizou, na manhã deste domingo (13), no Vaticano, Itália, a baiana Maria Rita Lopes Pontes (1914-1992), Irmã Dulce. Santa Dulce dos Pobres, como agora ela ser chamada, teve seu processo de santificação concluído em 27 anos — o terceiro mais rápido da história da Igreja Católica.

Com duração prevista de 5h, a cerimônia é acompanhada por cerca de milhares de devotos na Praça de São Pedro, no Vaticano, e por tantos outros no Brasil. Com muita música, o ‘esquente’ para a canonização no Vaticano começa às 5h15 no horário do Brasil (10h15 no horário da Itália). As atrações musicais serão comandadas por Margareth Menezes, Waldonys e o maestro José Maurício, o homem que voltou a enxergar após rezar pra Dulce. Eles cantarão no chão da praça de São Pedro. Essa parte da cerimônia deve durar 2h30. Para eles não foi necessário atravessar o Atlântico. Muitos baianos que moram na Europa pegaram vôos de menos de duas horas ou até trens para estar no Vaticano. É o caso da bibliotecária Viviane Seixas Silveira e da turismóloga Iara Dourado, ambas de 45 anos, que moram na Holanda. A amiga Zélia Dourado, 65, saiu do Brasil e as encontrou na Europa. “Um de nós, baianos, está sendo santificado. Isso é um orgulho”, disse Viviane.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email