Datafolha: com auxílio emergencial visto como insuficiente, Nordeste dá a Bolsonaro patamar mais alto de reprovação

Alvo de investidas de Jair Bolsonaro, que buscava conquistar o eleitor tradicionalmente lulista por meio do auxílio emergencial no ano passado, o Nordeste hoje concentra as maiores taxas de rejeição ao atual presidente. Pesquisa Datafolha realizada nesta semana mostra que 62% dos moradores da região não votariam de jeito nenhum em Bolsonaro. Em todo o país, a rejeição ao presidente é de 54%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *