Ex-CEO da Pfizer diz que farmacêutica fez 3 ofertas de vacina para entrega ainda 2020

O ex-CEO da Pfizer no Brasil Carlos Murillo disse à CPI da Covid que fez três ofertas de vacina para entrega ainda em 2020 e que incluíam o famoso lote de 70 milhões. O primeiro contrato com a farmacêutica, porém, só foi assinado em março deste ano.

Segundo ele, as reuniões exploratórias começaram ainda em maio. Mas uma oferta firme só foi feita em julho. “Fornecemos uma expressão de interesse, em que resumimos as condições do processo que a Pfizer estava realizando em todos os países no mundo”.

“Em 6 de agosto, o ministério manifestou interesse. Em 14 de agosto, oferecemos nossa primeira oferta – de 30 milhões de doses e de 70 milhões de doses. O cronograma de entrega era o final de 2020 e inicio de 2021. Em 26 de agosto, fizemos uma terceira oferta (por 30 e 70 milhões de doses), mas tínhamos conseguido mais doses para o final de 2020″.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *